segunda-feira, 14 de julho de 2014

35º Dia - Jejum de Jesus


Provérbios 14.1-35

O infiel é aquela pessoa que deixa de seguir a Deus para seguir os caminhos do seu próprio coração, do seu próprio entendimento, ou seja, a pessoa que é infiel deixa de ouvir a voz de Deus e passa a ouvir, somente a voz do seu próprio coração, em Prov. 4:23 diz: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." No coração do ser humano, é possível tramar toda e qualquer situação, guardar coisas obscuras, sujas, há corações que estão cheios de imundícias, carnalidade, pois contudo, a pessoa não conseguiu guardar o seu coração.
  Não há um dia que eu não peça para Deus guardar meu coração, não é porque somos pessoas de Deus, que não temos que vigiar, quando somos de Deus precisamos ter um cuidado maior, pois o coração de quem está no mundo já é do diabo, e ele procura trabalhar em nosso meio, colocando 'joio' no meio do trigo, para que haja contaminação. A oração é a maneira mais sábia de guardar o nosso coração em Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário