segunda-feira, 19 de maio de 2014

180 dias sem Deus


É como uma eternidade sem Ele! - Assim vivi durante seis meses, indo à igreja, frequentando as reuniões, entrava vazia e saia vazia. Sinceramente? Estava indo porque meus pais praticamente me obrigavam a ir, na semana ia do colégio para a IURD, aos Domingos, às 05:00 já me chamavam, quase me derrubava da cama, é chato? É, mas quando todo mundo não acreditava mais em mim, nem eu mesma, Deus e meus pais acreditaram.
Como já disse em algumas postagens anteriores, eu era vazia, me sentia vazia, tinha insônia, era depressiva, sentia vontade de morrer, tentei o suicido e nada adiantava; era popular no colégio, tinha os amigos que queria ao meu lado, mas isso era passageiro, logo caia a noite e lá estava eu, deitada com a cabeça no travesseiro, sem razão para viver, sem vontade de existir, sem forças para me reerguer.
 Essa foi a primeira e última experiência que tive no mundo, ele brilhava para mim, enchia meus olhos, mas era pura ilusão. Mesmo tendo o mundo aos meus pés, eu não tinha nada! Era infeliz, e o pior de tudo, eu ia à igreja.
A conclusão de tudo isso, é; há pessoas que vão a igreja, passam pelo que já passei, e esperam algo cair do céu, saiba que não é bem assim, para mim ser o que sou hoje, precisei ser quebrada, vencer meu "eu" enfrentar tudo  e principalmente reconhecer que eu não era nada sem Deus, que eu precisava d'Ele para tudo, para viver, existir, para sorrir, amar e ser amada.
Quando decidi entregar minha vida para Deus, não perguntei para A, B e nem C, me entreguei porque cheguei ao meu fundo do poço. Desde então, tive o novo nascimento, no mesmo dia me batizei nas águas, doze dias depois recebi o Espirito Santo. Foi fácil? Momento algum! A coisa mais difícil é você lutar contra si mesmo, renunciar seu eu, suas vontades e se entregar a Jesus.
Não foi fácil, mas valeu a pena perder minha vida, e ganhar a vida eterna.
"Porque vale mais um dia nos teus átrios do que em outra parte mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas da perversidade." Salmos: 84. 10
Não importa que você seja, Deus nunca desistira de você, Ele te espera de braços abertos, agora não adianta, ir na frente do altar quando o Pastor chamar para se entregar, você  ir la sentir remorso e voltar e fazer tudo  de novo, se arrependa reconheça que sem Ele você não é nada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário