quinta-feira, 13 de março de 2014

Ouvir a verdade


Amigas, querem saber o que é uma das coisas mais difíceis que existe?

Ouvir a verdade.

Sinceramente isso não é para qualquer um, é preciso ter estrutura, espiritualidade e humildade suficiente para ouvir certas verdades.

Muito bem dito quando dizem que a verdade dói... E é isso mesmo, ela dói pra caramba! Mas isso não quer dizer que seja algo ruim, não muito pelo contrário.

Sabe quando alguém fala uma coisa pra você, que machuca, parece até que vai te cortar ao meio, mas no fundo você sabe que aquela pessoa tem razão?

Já aconteceu isso com você alguma vez?

E então, lembra qual foi a sua reação?

Como você reagiu?

Pois é, a reação é que conta, que realmente importa.
Ficou magoada com a pessoa? Ofendida? Pior ainda, guardou mágoas?

Amiga, se não somos humildes o suficiente para aceitar as verdades então como podemos amadurecer? Como podemos pensar em casamento, pois não tenha dúvidas de que seu marido não vai hesitar tampouco em te falar umas verdades. E aí? Vai ficar com mágoa dele também?

Vejam bem, não estou dizendo que não vai doer ou que não ficaremos tristes, mas essa tristeza tem que ser com nós mesmas e nem pode durar muito também!

Certa vez meu marido me disse "Você é muito orgulhosa!" Aquilo foi o fim da picada pra mim!
Foi um pensamento atrás do outro...
Primeiro fiquei com raiva, achei um absurdo! Eu! Orgulhosa!!!!
Depois fiquei arrasada que ele pensasse aquilo de mim! "Que monstro ele é" pensei.
Depois me ajoelhei e chorei até doer a garganta... Ele tinha razão! Como doeu admitir e encarar a verdade! Me senti um nada e humilhada, mas como foi bom pra mim...

Tarefa 2
"Analise a si mesma. Veja se tem encarado as "verdades" na sua vida ou em seu relacionamento, da forma correta. Chega de se enganar! Encarar a verdade significa ir para o fim da fila? Vai pra lá! Recomece na fé! Corrija seus erros, afinal, ninguém é perfeito! Mas como é horrível ter que pagar um preço tão alto por algo que você poderia ter evitado, se apenas tivesse aceitado as verdades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário