quarta-feira, 30 de maio de 2012

Lamentável a capacidade do ser humano de ser tão mesquinho!


Para início de conversa, estou desabafando algo verídico e deprimente que aconteceu hoje comigo, infelizmente! Peço que leiam para entender o quão triste é a realidade da nossa sociedade nos dias de hoje.Fui a uma entrevista de um curso (que, por ética, não falarei o nome) , devido a um telefonema que recebi da coordenação.Ao me atender um dos coordenadores, formado em publicidade, pela Mackenzie-SP, me cumprimentou e me fez a seguinte pergunta: Você faz geografia, não é mesmo? Qual a sua visão na carreira, que não seja ser professor?!Eu, sem entender muito bem, respondi que a minha única intenção, no momento, era lecionar. Acreditem, ele riu IRONICAMENTE, o que me deixou irritado, logo de início!Seguindo a entrevista, tentou me vender pacotes de 7 cursos que iriam desde gestão empresarial até informática e afins. O que me deixou intrigado. Para vender esse pacote, pasmem, ele me mostrou uma pirâmide de 'Maslow' que segundo ele a base consistia de casa e comida; o meio da pirâmide era formada de conhecimento e trabalho e, por fim, o topo consistiria única e exclusivamente no LUXO. Agora pense comigo, até onde chega a capacidade moral de um indivíduo de vender um produto a qualquer custo! Como se não bastasse, ainda atribuiu o fato do topo da pirâmide ser a felicidade que todos almejam.Eu, completamente indignado, contestei esse grande absurdo. E, pra minha surpresa fui chamado de 'hippie' ao dizer que faço o curso que eu quero devido meus valores e meus ideais, e não porque me trará algum tipo de 'luxo'. Ele retrucou usando a expressão: 'O mundo de hoje é salve-se quem puder' O que você faria se algum familiar seu precisasse de um médico e você não pudesse pagar? Disse ele. Respondi com o mesmo tom de voz, e o que seria você se não houvesse um professor que te desse uma base de conhecimento desse mundo do 'salve-se quem puder'. E, o que eu faço quando não posso pagar um hospital, é questionar um sistema falho que por causa de pessoas como você, passam desapercebidos e nada muda!Tentaram me mostrar a felicidade como sendo fruto da minha meritocracia, pois é tentaram, porque devido a 'venda demorada' o chefe de departamento teve que intervir. Com toda sua postura e palavras 'prontas', o chefe me acusou de pensar pequeno e ter um mundo só meu! Eu ri, me levantei e disse: eu me orgulho da minha felicidade estar pautada na minha fé e nas coisas simples da vida, como minha família, e de não trair meus valores por causa do fator econômico, me orgulho do meu conhecimento, e de ao menos tentar transformar o mundo com ele, e você, se orgulha de ser um alienado ao sistema sendo mais um número no meio de todos?É triste ver que vivemos em um mundo tão padronizado, onde as pessoas pensam que a única felicidade é ter grana no bolso! Mais triste ainda é ver que ninguém dá a mínima para formas de pensamentos que não sejam segundo os preceitos neoliberais. Talvez, eu possa mudar o mundo com o que eu penso, mas acredite o mundo jamais mudará os meus valores e as minhas crenças pra que eu seja mais um desses.

Por:Bruno Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário