sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Quando um rapaz na igreja te pede para orar com ele

 

Ele está procurando; ele sabe que precisa de sua outra metade, mas é difícil, muito difícil identificar quem vai se encaixar perfeitamente com ele. Ele olha para você, te acha bem atraente e começa a imaginar o que há a mais em você. Ele tenta descobrir mais, pergunta sobre você às pessoas, observa seu compromisso com Deus, seu envolvimento na igreja. Ele te acha interessante.
Então, ele ora a Deus sobre isso: “É ela que o Senhor tem para mim?”
Mas, é tão difícil para ele separar o coração da fé nesse momento. Seu coração está sempre o fazendo lembrar dela. Seus pensamentos estão sempre voltados para a última vez que ele a viu; seus ouvidos para a última vez que ele ouviu a voz dela. Como Deus pode falar com alguém que está tão voltado para o próprio coração? Impossível.
É quando ele decide pedir a você que ore com ele. Ele não tem certeza sobre você; não tem certeza sobre os sentimentos dele, mas ele gostaria de estar certo e precisa de uma parceira em oração. O que se espera de você agora? O que você faz? Você deve conversar com ele? Deve telefonar para ele?
Quando um rapaz na igreja te pede para orar com ele, está dizendo, em outras palavras: “Eu gosto de você, mas não tenho certeza se é a vontade de Deus para mim.”
Em vez de enlouquecer e pensar que você recebeu a resposta para suas orações, fique atenta ao seguinte:
1. Este é o momento em que seu coração vai te enganar mais. Você pode até orar, mas o coração vai te deixar surda para a voz de Deus. Ele faz com que você tenha mais sentimento por aquela pessoa, ao ponto de que você vai achar que é Deus te dizendo que essa é a vontade Dele, quando, na verdade, é a vontade do seu coração.
2. Orar não é namorar. Não saia por aí contando para todo mundo que você está orando com alguém. O que acontece se não for a vontade de Deus? O que acontece se não der certo? Não é certeza, então, deve ser mantido em segredo entre você, o rapaz e as pessoas que te orientam espiritualmente. As pessoas que te ajudam espiritualmente também vão te ajudar em oração. Essas pessoas nunca vão espalhar a novidade ou te julgar errado. Se elas acharem que o rapaz não é apropriado para você, elas te dirão porque querem o melhor para você.
3. Não ore interminavelmente. Isso não funciona. Se você vai orar com alguém, certifique-se de que haja um tempo limite. Dê a Deus cerca de um mês para que Ele lhe mostre se esta é a vontade Dele para vocês dois.
4. Seja sensível à voz de Deus. Deus vai responder sua oração, tenha certeza. O problema vai ser se você realmente quer ouvi-Lo. Quando é a vontade de Deus, Ele faz com que você tenha certeza. A coisa não apenas parece certa, ela é certa. Vocês dois se conectam de todas as formas: ambos se sentem atraídos um pelo outro, ambos são compatíveis um ao outro, você é mais nova que ele para evitar problemas futuros no casamento, ambos estão na mesma fé, ambos querem o mesmo futuro e ambos pensam da mesma forma.
5. Seja objetiva quando não é de Deus. Termine imediatamente. Não continue orando, pensando que, ao insistir com Deus, o rapaz vai, eventualmente, se tornar a vontade de Deus para você. Se houver uma dúvida, um problema, termine. Diga a ele que você orou e que Deus respondeu: ele não é para você.
Fonte: D. Cristiane Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário