quarta-feira, 27 de julho de 2011

10 SINAIS DE QUE VOCÊ DEIXARÁ DE SER OBREIRO(A)



Sempre é Bom Lembrar...


1.deixou de exercer e de ministrar a sua autoridade.

2.deixou de buscar para si, tem vindo a sentir um esfriamento progressivo na busca pelo espírito santo e tornou-se indiferente nas reuniões.


3.tem vindo a desenvolver um olhar malicioso.

4.concluiu que não é mais necessário participar nos propósitos de fé.

5.sente que o seu “chamamento” não é mais a sua prioridade. Todas as outras coisas são sempre mais importantes.

6.uma relação sentimental com um incrédulo deixou de significar um perigo para a sua vida espiritual.

7.uma exortação, correção ou disciplina deixaram de ser admissíveis para si. Alimentar rancores, mágoas ou sentimentos deste gênero passou a ser algo natural.

8.a sua posição e representação como obreiro são usadas para proveito próprio perante os membros.

9.acha-se no direito de impor a sua autoridade e de exigir um tratamento diferenciado por conta do tempo de igreja.


10.passou a desenvolver amizades com pessoas que, abertamente, ridicularizam a palavra de deus e demonstra indiferença aos opositores da fé. Uma coisa é ter o contacto, outra é fazer amizade.

(Texto Bispo Julio Freitas)

Um comentário:

  1. Muito forte nós obreiros(a) temos que vigiar a todo momento e nunca perdemos a nossa essência e sempre priorizar o nosso chamado

    ResponderExcluir